Vendo 147 na matéria “A nova música brasileira em 2011″


Arte: Ana Fucs e Mariana Castro (O Globo)

A matéria do O Globo apresenta infográfico com os detaques* musicais deste ano. Da Bahia, além da gente (yeahh), tem a Maglore. Uma galera muito massa também foi lembrada, como Nevilton, Macaco Bong e Karina Buhr.

Clique aqui para acessar o infográfico e saiba “o que aconteceu de novo na música brasileira em 2011 e como os artistas fazem para conhecer novas bandas”. Aproveite e ouça nossa faixa Vingador!

* Artistas com até dois discos lançados.

Bauru, Casa Fora do Eixo e Bragança Paulista

Por: Dimmy

E aê, pessoal?! Chegamos na última semana da turnê. Até agora foram 15 apresentações, onde fomos recepcionados com muito entusiasmo por todos. Agradecemos imensamente pela dedicação e esforço da galera, afinal, em alguns lugares, não é nada fácil promover o rock.

Bauru

Chegamos na sede do Coletivo Enxame (Bauru) perto das 14h. Ajeitamos as coisas e fomos comprar ingredientes para fazermos um jantarzinho. Depois de alimentados, saímos para o Jack Pub (a casa mais foda que já tocamos até agora). O público foi bom, com mais de 200 pessoas vibrando e acompanhando nossa batida. Muito massa mesmo! Depois do show, arrumamos as coisas e fomos direto pra São Paulo.

Jack Pub

Jack Pub - Bauru

São Paulo

Começamos a semana em alto estilo, num show no “Domingo na Casa”, organizado pela Casa Fora do Eixo. É um evento que deve servir de exemplo qualquer um que queira fazer uma festinha legal. Tem comida (churrasco) e bebida (cerveja e tubaína) à vontade, onde cada um colabora com o que pode na “caixinha”. Muito massa mesmo! Fomos a última banda da noite e, apesar de uma parte do público ter ido embora devido aos compromissos da segunda-feira, quem ficou vibrou junto com a gente no show. O som tava do caralho, sem falar que a decoração do local é lindimais.

Depois do show, eu e minha noiva Taty (que, graças a Jah veio matar a saudade de novo) saímos com os amigos de longa data, Ilson (Zefirina Bomba) e Thelma, pra curtir as delícias da noite de São Paulo. (Ah! Marcou presença também na turnê a esposa de Duardo, Fernanda, afinal, a saudade é grande demais!). Os meninos foram para a Casa Verdi, onde mora uma parte da galera do Macaco Bong. O lugar também é muito lindo, com um bosque e intervenções artísticas fabulosas. Duardo, feito menino, se empolgou por lá.

Duardo

Duardo na Casa Verdi

Dormimos até tarde na segunda-feira. Depois da maresia “todos viaja” pra Bragança Paulista. Ainda em São Paulo, um tubo do combustível da van quebrou, mas nada muito tenso. Em poucos minutos conseguimos voltar à estrada.

Bragança Paulista

Chegamos em Bragança no início da noite e fomos direto passar o som. O grande Quique Brown (Grupo de Música Leptospirose) foi quem organizou a parada, que faz parte da programação do Festival de Inverno da cidade. Antes do nosso show, rolou uma sessão de filme, com um documentário sobre a banda Anvil (recomendamos!). O show foi redondo, som massinha, galera receptiva. Tudo massa!

Vendo 147

Vendo 147 em Bragança Paulista

Dormimos na escola de música do Quique, Jardim Elétrico. O friozinho tava massa! Estamos nos organizando agora para partimos em direção à Ribeirão Preto. A festa de lá está sendo organizada pelo Coletivo Fuligem. Tamo chegando, pessoá!

Confira abaixo o vídeo feito agorinha no Jardim Musical:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=cTK2reZvEIc]